E Agora… Você Vai Lançar?

Lançar é um desafio. O primeiro lançamento é quase uma prova de fogo.

Entrar em campo é para os fortes.

E, mesmo depois de entrar, permanecer em campo é um desafio diário. Nada pode dar certeza de que seguindo todos os passos que funcionará na prática como funciona em teoria.

Cedo, você descobrirá que mesmo havendo vários modelos e métodos, se você simplesmente tentar aplicá-los, sem a devida adaptação, a tendência é dar errado.

Talvez por isso muitos protelam tanto para fazer o primeiro lançamento.

Mas não será pensando, repassando os passos e estratégias, estudando mais e mais, que o lançamento acontecerá. Muitas vezes é preciso mais que um empurrão, lançar-se implica correr riscos, mesmo que calculados.

É necessário continuar, persistir, buscar saídas e soluções para os obstáculos que surgem, por isso a importância de testar sempre. O momento certo é uma fantasia, fórmulas funcionam em casos específicos e nada garante que o seu caso seja um destes.

“O que te impede de fazer o seu Primeiro Lançamento?”

duvidas

VOCÊ SABE O QUE É LANÇAMENTO DIGITAL?

Posso listar vários motivos diferentes que fazem com que as pessoas se paralisem diante do primeiro lançamento, mesmo que esteja todo muito bem orquestrado:

  • Escolher e Desenvolver uma Isca Digital
  • Desenvolvimento de Conteúdo
  • Desconhecimento das Ferramentas
  • Falta de Dinheiro para investir em campanhas
  • Falta de Parceria, estar sozinho
  • Falta de domínio de técnicas de gravação
  • Medo de se expor
  • Falta de tempo
  • ….

Se quiser posso listar tantos outros motivos. Afinal…

…é mais fácil arrumar uma desculpa do que produzir uma solução.

A questão é simplificar todo o processo. Pensar cada etapa individualmente e na interdependência entre elas. Lembrando que em todas elas deve-se manter e trabalhar o relacionamento com a audiência.

Mas vamos lá. Se é para simplificar, responda-me:

Qual o seu Propósito?

Sabemos que todos começamos com apenas um passo: o desejo de empreender.

Quando resolveu empreender, certamente tinha algum objetivo em mente. Talvez tenha pensado que fosse mais fácil do que está sendo, ou pode ter imaginado que pelo simples fato de você ter se mobilizado para empreender que as coisas magicamente começariam a acontecer.

Talvez este balde de água fria tenha caído logo no início, quando você ainda estava estudando e devorando todos os conteúdos que lhe caiam na frente, sem colocar nada ainda em prática. E descobriu que sozinho seria complicado, que o tempo era curto para aprender tudo e para começar a aplicar.

Temos um lema:

“Juntos Vamos Mais Longe”

Isso porque ao suprirmos as dificuldades uns dos outros, podemos avançar além de nossas capacidades e habilidades. Os grupos que se formam, as comunidades e grupos do Facebook, além de grupos de práticas que acompanham a muitos dos cursos objetiva a identificação destas possíveis parcerias ou de potenciais trocas de serviços.

A partir daí, é preciso estudar e buscar conhecimento, assim como é preciso colocar em prática tudo o que se aprende.

Vamos trabalhar 3 pontos chave:

Conteúdo – Ferramentas – Consultoria ou Parceria

1 . Como desenvolver conteúdo relevante para sua audiência?

digital-resources

Se o seu Negócio, Infoproduto ou Curso está fora de sua zona de conforto, ou fora de sua área de expertise, o primeiro passo é procurar um especialista. Evite comprar conteúdos, pois correrá o risco de adquirir conteúdos rasos e superficiais.

Sua Audiência espera receber CONHECIMENTO de Você!!

Penso que a responsabilidade pela produção ou pelo menos pela supervisão atenta desta produção deve ser por conta do autor. E falo isso porque a sua audiência está acostumada com uma determinada linguagem, com uma forma de abordagem que é sua, você usa expressões, gatilhos e jargões que fazem parte do seu vocabulário.

São estes detalhes que te conectam com sua audiência. É a forma como sua identidade fica impressa em seus materiais, copys e artigos. Sendo assim, seu aluno espera encontrar estas referências, as mesmas que vê nos vídeos, nas chamadas, nas headlines, nos seus e-mails…

O cuidado que se deve ter com a produção está na construção de conhecimento, evitando acúmulo de informações. Mesmo que todas as informações juntas façam sentido, desenvolver conteúdo é mais que simplesmente agrupá-las.

Quer uma dica poderosa? Seja objetivo, vá direto ao ponto. Não entregue tudo, indique a direção, apresente quando muito um roteiro. Conhecimento é dinâmico, precisa ter brechas para se expandir. Subestimar sua audiência pode ser um erro fatal.

Escolha um tema que seja foco para sua audiência, relacione com os assuntos que você aborda ou com os produtos e infoprodutos que comercializa, costure o tema estabelecendo um diálogo com seu leitor.

Existem técnicas de escrita, mas você precisa primeiro dominar o tema, conhecer sua audiência e estabelecer a forma como irá comunicar-se com ela.

2 . Quais ferramentas são essenciais aprender para poder realizar um lançamento?

mobile apps concept. Mobile apps concept. Flat design vector illustration. Human hand with mobile phone, tablet, laptop and interface icons

O Empreendedor Digital que está começando entusiasmadamente e começa seu primeiro, segundo ou terceiro curso de marketing digital, resolve colocar em prática e começa a ir atrás das ferramentas.

Isso se em algum dos cursos não lhe foi oferecida a fantástica combinação de ferramentas que resolveria todos os seus problemas.

Só que esqueceram de avisar que a ferramenta nem sempre é tão intuitiva e para quem não tem intimidade com as tecnologias digitais pode acabar muito mais perdido do que começou.

O que você precisaria para começar?

…uma fanpage no Facebook,

….um canal no YouTube,

…uma ferramenta de e-mail marketing,

…uma ferramenta para montagem de página de captura,

…uma conta em um gateway de pagamento….

Bem, aqui estou considerando o plano super básico, mas sabemos que isso é apenas o começo.

Somente ao definir seu nicho, segmentá-lo, limitando seu campo de atuação. E depois de fazer a definição do seu público-alvo, também escolhendo o perfil com o qual começará a atuar é possível definir o que irá realmente precisar.

E o uso destas ferramentas depende do tamanho da sua lista. Se você ainda está construindo uma lista, então é mais tranquilo, porque pode pensar no básico do básico.

Mas se você não dialoga muito bem com as tecnologias o melhor é contratar um Ferramenteiro ou um Técnico ou uma Consultoria personalizada ou uma empresa de marketing digital para fazer com você todo este processo.

É possível lidar com tudo isso sozinho.

Ferramentas como o LeadLovers foram desenvolvidas para simplificarem a vida do usuário inserindo tudo o que é necessário a um lançamento.

E pensando naqueles que tem a vantagem de já se arriscarem nas ferramentas digitais, pode-se tentar uma combinação do OptimizePress com o Active Compaign… e isso para citar uma opção, pois existem várias opções de e-mail marketing outras tantas para desenvolvimento de páginas de captura.

Então, foco!

O que você precisa?   Qual estágio você está?    Já testou as versões free para ver se a ferramenta é adequada para o seu caso?

E se não souber, não se acanhe, pergunte!

Verá que tem muito mais pessoas na sua situação do que você imagina.

3 . Por que contratar uma consultoria ou realizar uma parceria pode ser fundamental para o avanço?

consulting_03

Consultoria e parceria são duas coisas muito diferentes. E você pode até estar pensando se não seria o caso de aplicar numa mentoria ou mesmo em um MasterMind.

Se você está começando, como eu imagino que esteja, mentoria e MasterMind não seria para você AGORA. Será quando o seu empreendimento estiver precisando dar um novo passo, alavancar, sair da zona de conforto.

Agora é o momento de pensar em uma consultoria que possa caminhar junto com você, indicando a direção, apontando o melhor caminho, construindo etapas intermediárias que você talvez tenha dificuldade, como estabelecer estratégias de campanhas, construir funil de e-mail, estabelecer sequências de conteúdos para disponibilização,…

A consultoria pode atuar numa área restrita ou num campo mais amplo, tudo dependerá do que você precisa e do quanto está disposto a investir. A consultoria é um acerto comercial entre as partes, cujo objeto de contrato será descrito conforme o que for acordado de produtos e serviços entre as partes.

Já a parceria está relacionada com o construir junto. Dizem que basta uma boa parceria, o difícil, porém, é encontrá-la. A parceria é como um casamento, precisa haver entrosamento, responsabilidade, comunicação efetiva, sinceridade e sinergia.

Um encaixe quase perfeito em que cada parte sabe respeitar a parte do outro. Funciona muito bem quando as áreas de atuação dos parceiros são complementares, ou quando dividem muito bem tudo o que realizam.

Clareza, transparência, confiança e objetividade são o mínimo que se espera para que esta relação dure além do primeiro lançamento.

Então voltando à nossa pergunta de partida: Por que você ainda não lançou?

Se é medo, vou dar-lhe um conselho, mesmo que não tenha me pedido um:

Vai com medo mesmo, porque caso contrário acabará desistindo antes de começar.

She is ready to run this race

Empreender é um exercício diário. Desafiar-se a si mesmo. Sair da zona de conforto e enfrentar todos os seus fantasmas e obstáculos. Nem todos têm perfil empreendedor, mas é possível trabalhar estas características para poder moldar-se.

Vou lançar para você um desafio: O que acha de fazer o seu primeiro Lançamento em Até 60 dias, com todo o Suporte e Acompanhamento que Você precisa?

Quer saber como? CLIQUE AQUI 

LDNP-logo-450x305